Follow by Email

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Brasília?!






Terra que não é minha?!



Brasília?
Aqui é terra
Incerta,
Que nem as leis
Da aritmética,
Acerta.
Brasília?
Brasília, é terra,
Que de concreto
Mesmo,
Só meu amor
Por ela,
Brasília!








Fotógrafo/Poeta faz homenagem a Joaquim Cardozo e à Brasília.

                                                   



                            Construção.





Erguida sob a rija ótica
Do granito e do concreto,
 E ascendendo à tangência 
circular do arquiteto,
Brasília é a síntese,
Do compasso,
Da régua,
E do ferro.
Surgida da genialidade coletiva,
de estranhíssimas 
fórmulas de gravina
e complexos 
cálculos aritméticos.

E nessa in-flexa relação,
Entre o planalto e o poeta,
Nem Arquimedes calculista que era,
Em tese Jamais resolveria,
O problema da curva do concreto!

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Otoniel Arte Brasil Doa Barco a Comunidade Quilombola no Jalapão








O dia 1 de Maio foi para a equipe da Otoniel Arte Brasil, mais que um simples feriado, foi um dia de muito trabalho e marcado com uma ação social mais que enobrecedora pois a mesma cumpriu mais uma vez com as suas obrigações sociais e contemplou a Comunidade Quilombola Rapadura (Encravada no coração do Jalapão), com a doação de um barco.

Tal demanda só foi possível de ser identificada por causa da ida de uma equipe empresa um ano atrás, (período em que ocorreu na região as gravações do documentário "Impressões Brasileiras") à comunidade que imediatamente percebeu a deficiência e notou que os remanescentes para chegarem até suas casas tinham que atravessar um caudaloso rio sob uma canoa de "Talo de buriti" amarrada em feixe com uma corda de maneira rudimentar e perigosa, comprometendo os menores e os mais idosos.

A partir daí houve uma mobilização do grupo encabeçada pelo Artista Plástico, Otoniel Fernandes Neto, que se comprometeu da missão de doar um barco a comunidade.
Como a vitória tem muitos sócios, vale também salientar nessa articulada missão que foi imprescindível o empenho e a importância de "personas" fundamentais nessa empreita como: Jairo Bisol; doador da Embarcação, Jean Cleaver; financiador da viagem, José Santos; cedeu o veículo e transportou a embarcação no itinerário, Goiás/Brasília/Tocantins, J. Santos reformou a embarcação e finalmente a todos que de alguma forma estiveram envolvido nesse ilustre boa ação.